Chegou o grandedia! Anunciamos o novo programa de certificação da Rainforest Alliance.

Publicamos oficialmente o novo programa de certificação Rainforest Alliance 2020 após um processo que teve início no final de 2018, quando iniciamos as consultas públicas com mais de mil peritos independentes e aproveitamos o melhor da experiência combinada da UTZ e da Rainforest Alliance, que passaram por um processo de fusão em 2018.

Os novos critérios da Certificação Rainforest Alliance 2020 que substituirá os atuais programas de certificação da UTZ e da Rainforest Alliance, incluem inovações fundamentaisque auxiliarão pelo menos dois milhões de agricultores em todo o mundo a produzir melhores culturas, adaptar-se às mudanças climáticas, aumentar a produtividade de suas fazendas e reduzir seus custos.

Uma de nossas prioridades foi criar um Programa de Certificação no qual as principais marcas e empresas ao longo da cadeia produtiva confiem para que possam suprir sua constante demanda por ingredientes certificados, além de cumprirem o seu compromisso de fazer negócios responsáveis e responderem às crescentes expectativas dos consumidores de produtos mais sustentáveis.

Alex Morgan, Diretor de Mercados da Rainforest Alliance, reforça que o novo Programa de Certificação faz parte da estratégia de colaboração da Rainforest Alliance com agricultores, empresas, parceiros implementadores, auditores externos, ONGs, governos e consumidores em todo o mundo. “Somente trabalhando em conjunto poderemos restaurar o equilíbrio entre as pessoas e a natureza e criar um mundo onde prosperamos juntos”, disse Alex.

O novo Programa de Certificação é composto pela Norma de Agricultura Sustentável, que contém os requisitos para as plantações e cadeias produtivas, além de um novo sistema de garantia e um conjunto de ferramentas para medir o progresso em direção às metas de sustentabilidade,que permitirão apoiar os agricultores e empresas na definição de objetivos claros de sustentabilidade e focar os investimentos em ações que efetivamente impactam positivamente as pessoas e a natureza, como explicou Ruth Rennie, Diretora deNormas e Asseguramento da Rainforest Alliance. “Estas ferramentas e inovações vão apoiar a implementação de uma agricultura mais resiliente e contribuirão para nosso objetivo de tornar os negócios sustentáveis o novo normal. Isto é cada vez mais urgente devido à crise climática, a perda de biodiversidade e a desigualdade global que enfrentamos atualmente”, acrescentou Ruth.

Os últimos meses foram repletos de novidades para a nossa organização. Em maio deste ano lançamos o nosso novo selo, que será utilizado em embalagens e materiais promocionais a partir de Setembro de 2020, substituindo os atuais selos da Rainforest Alliance e da UTZ.

Foto; Sergio Izquierdo

Quais são as novidades do Programa de Certificação 2020?

  • A orientação para a agricultura climaticamente inteligente é vital para a adaptação das fazendas às mudanças climáticas a fim de preservar o futuro de suas culturas e meios de vida, bem como garantir o fornecimento de produtos agrícolas para as empresas e seus consumidores.
  • Uma nova abordagem centrada na avaliação de riscos e na participação das comunidades locais para para prevenir e resolver questões ligadas a violação dos direitos humanos como o trabalho infantil, o trabalho forçado, a discriminação, a violência e o assédio no local de trabalho.
  • Novas ferramentas digitais para análise de risco e avaliação de desempenho. A análise geoespacial apoiará e acompanhará o desempenho das fazendas em relação aos principais critérios da norma.
  • Os compradores irão recompensar os agricultores que cumprem as normas de agricultura sustentável por meio do pagamento obrigatório do diferencial de sustentabilidade, um pagamento adicional em dinheiro, acima do preço de mercado para a venda de culturas certificadas. Além disso, as empresas compradoras também terão de investir no apoio aos produtores para atingirem os seus objetivos de sustentabilidade.
  • As empresas da cadeia produtiva identificadas com um elevado risco de impacto social e ambiental negativos, devem implementar melhorias em suas práticas. .
  • O desmatamento continua proibido para os produtores certificados, mas com a nova Certificação, a proibição se estenderá para todos os ecossistemas naturais, incluindo os pantanais,zonas úmidas e turfeiras.
  • Os dados da avaliação de risco serão utilizados para orientar os produtores e as empresas a respeito das melhorias necessárias para maximizar o impacto, de acordo com os critérios da nova Certificação

Quais são os próximos passos?

  • A partir de setembro de 2020, a Rainforest Alliance começará a implantar o novo Programa de Certificação em todo o mundo e contará com um programa abrangente de treinamento global e o suporte de tecnologias.
  • A partir de julho de 2021, todas as auditorias serão realizadas de acordo com a nova Norma de Agricultura Sustentável 2020.

Deje un comentario

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios .